_____________________
_____________________
_____________________
_____________________
_____________________
_____________________

domingo, 31 de agosto de 2014

ROSCA COM DOCE DE ABÓBORA E COCO




Peguei lá no blog da Joana Pães...
ela é um escândalo !!! (a rosca...rs).


INGREDIENTES
1 kg de farinha de trigo especial
100 g de açúcar
1 pitada de 3 dedos de sal
2 colheres de sopa bem cheia de margarina
2 gemas
1 ovo inteiro
4 colheres de leite em pó
4 colheres de creme de leite (1/2 lata)
6 colheres de leite de coco (100 ml)
1 colher de sopa de essência de baunilha
1 colher de sopa de essência de coco
45 g de fermento fresco (feito esponja, com 1 colher de farinha e uma pitada de açúcar, 3 colheres de água morna quase fria)
leite , suficiente para dar ponto de massa bem macia, um pouco mais mole que a massa normal (usei 500 ml)

RECHEIO
Doce de abóbora com coco, pastoso e sem caldo (bem apurado)

MODO DE PREPARO
Misture todos os secos, por ultimo o sal
Junte a margarina as gemas e o ovo, misture tudo e acrescente o sal. Acrescente a esponja, vá misturando e acrescentando o leite AOS POUCOS para não perder o ponto.
Sove vigorosamente ate obter o véu de glúten.
Deixe descansar por 20 minutos
Sove novamente a massa para expulsar as bolhas de ar.
Modele a rosca e arrume-a dentro de uma forma redonda para bolo, pode ser também na de pudim.

Para formar os caracóis, estique a massa como retângulo , espalhe o doce, enrole como rocambole, corte em fatias  e coloque na forma bem untada. Deixe crescer, passe gema e asse em forno médio ate que esteja dourada (30 a 40 min)

OBS.:
- eu fiz 2 receitas e usei 4 fermix - NÃO FIZ ESPONJA

- creme de leite e leite de coco ia sobrar muito pouco de acordo com as quantidades originais... eu arredondei e a massa ficou perfeita.

- como eu não sei dar ponto com o líquido quando faço à mão, bati todos os líquidos no liquidificador... coloquei o fermento por último e dei mais uma batida para misturar...coloquei  parte da farinha, o açúcar, o sal e o leite em pó na bacia, misturei, despejei a mistura do liquidificador e fui colocando farinha até desgrudar das mãos.

- não tinha formas iguais, então eu fui pegando o que tinha e os pães ficaram lindos.

- depois de assados e ainda quentes eu passei um mingau de açúcar impalpável (1 1/2 xic de açúcar para 5 colh de sopa de água fria)



Veja abaixo eles crús, já crescidos
e também assados